Com o nascimento do bebê, logo os pais enfrentam o tabu das cólicas, pouco se sabe a verdadeira causa dessas dores que tanto afetam os bebês até o terceiro mês de vida.


    Uma das causas mais cogitadas, é a imaturidade do sistema digestivo do bebê, essa imaturidade faz com que as paredes do intestino se contraiam e relaxem sem controle o que acaba resultando em gases e levando o bebê a ter cólicas. O intestino é preparado para receber apenas o leite materno até os seis meses de vida, quando ingerido  outro alimento ou até mesmo o leite artificial as cólicas chegam a ser mais intensas.
    As cólicas levam o bebê a ter choros intensos, as pernas ficam encolhidas e os dedinhos crispados. Nesses momentos os pais devem manter a calma, pois ajuda a acalmar o bebê, tente acalenta-lo dando colo. Quando se mostra nervosismo, isso acaba acarretando em mais nervosismo pro bebê e intensificação das dores.
    Um outro fator que é muito cogitado na causa das cólicas, é a alimentação da mãe, então a melhor forma de saber se esse fator tem levado seu bebê ter esses incômodos é observando sua alimentação e evitando os laticínios, chocolate, cafeína, melão, pepino, pimentão, frutas e sucos cítricos e alimentos condimentados.
    Geralmente, as cólicas vem nos mesmos horários, sendo mais corriqueiro no fim da tarde ou durante a noite. Mas não se preocupe que essas dores não causam problemas ao bebê.
    Para aliviar as dores, tem algumas técnicas muito usadas que trazem o alivio;

     Para ajudar o bebê
     O mais difícil é ficar parado, esperando a crise passar, mas há algumas atitudes que podem ajudar:

    Ofereça o peito: “A sucção ajuda a diminuir a dor”, diz a pediatra Alessandra Cavalcante Fernandes, do Hospital e Maternidade Rede D´Or São Luiz, em São Paulo. Mas tome cuidado para que o bebê engula ar enquanto estiver mamando, o que aumenta a formação dos gases. Para tanto, a boca deve estar bem posicionada no bico do seio;

    Tire sua roupa e a do bebê e encoste-o no peito: o contato com a pele do pai ou da mãe ajuda a acalmar a criança;

    Massageie a barriguinha do bebê: faça movimentos circulares, suaves e no sentido horário;

   Coloque compressas mornas: pode ser uma bolsa de água quente ou uma fralda de pano aquecida no micro-ondas. Mas cuidado para que a temperatura não esteja muito alta;

    Flexione as perninhas do bebê: faça movimentos suaves em direção à barriga. Esse movimento ajuda a eliminar gases;

    Amamente: o leite materno tem proteínas que são melhor assimiladas pelo sistema digestivo imaturo do bebê.

    Deixe o ambiente calmo: mantenha  a luz baixa e o local livre de ruídos. O conforto ajuda a reduzir a irritação;

    Segue abaixo um guia rápido que pode ajudar os pais!


    Existem alguns medicamentos que servem também para ajudar com esses gases que causam as cólicas, mas só devem ser dados ao bebê com prescrição do pediatra.
Sem mais artigos
%d blogueiros gostam disto: