*Por Fabiany Lima

Toda mãe ou pai já deve ter ouvido falar que a educação é uma responsabilidade que deve ser dividida entre escola e família. Costumamos inclusive definir qual é o papel de cada um: enquanto a instituição de ensino deve passar o conhecimento intelectual, a função da família é associada ao comportamento, moral e valores das crianças. Mas não é bem assim que as coisas funcionam.

Assim como os professores ajudam a moldar o caráter dos pequenos, os pais também têm o dever de se envolver na formação intelectual de seus filhos. Isso começa desde os primeiros passos da criança na escola. Essa fase inicial, inclusive, é um dos momentos mais importantes para o desenvolvimento das crianças, pois é quando eles começam a entender (ainda que sem perceber) as funções daquele ambiente.

É essencial que os pais caminhem junto no crescimento, educação e nos novos aprendizados adquiridos pelos filhos. Incentivar práticas como a leitura, a lição de casa e o estudo pode ser essencial para o futuro deles. Só estando próximo das crianças será possível identificar quais são suas maiores dificuldades e, desde cedo, orientá-las ou procurar uma ajuda profissional (seja um professor particular ou um psicólogo, por exemplo), caso seja necessário.

Acompanhar os estudos também é uma atitude fundamental para estreitar os laços com os filhos. Eles precisam saber que você está ali para ajudar, guiar e, claro, cobrar. Ter esse apoio é importante para que as crianças tenham segurança e não fiquem sem rumo quando estiverem com dificuldades. Com o tempo, não será mais você que seguirá cada passo delas na escola, mas serão elas que virão até você contando as novidades do colégio ou pedindo ajuda.

É claro que tudo tem um limite. Tenha atenção para preservar o espaço e o tempo livre dos pequenos. Reserve um horário para a diversão, não cobre resultados e respeite as preferências deles. Convenhamos também que, depois de um dia inteiro na escola, a última coisa que as crianças querem fazer é estudar. A melhor forma de agregar um conhecimento dentro de casa é incentivando atividades que misturem aprendizado e diversão, o que pode acontecer por meio de programas de tv’s, jogos e aplicativos.

Portanto, transmitir conhecimento não é uma tarefa exclusiva da escola. Os pais precisam estar sempre alertas ao que acontece no colégio, inclusive agregando novos aprendizados. Uma atitude proativa em relação ao ensino certamente vai trazer um relacionamento mais próximo entre pais e filhos, além de ser um fator determinante para o bom desenvolvimento das crianças.

*Fabiany Lima é mãe de Gêmeas, escritora de livros infantis e criou o aplicativo Timokids, que oferece livros e jogos socioeducativos com ilustrações em 3D narrados e legendados em 4 idiomas e que estimula a interação da família.

Sem mais artigos
%d blogueiros gostam disto: