Antes da Júllia nascer eu já havia pesquisado sobre carregadores de bebê e, após ela nascer me acendeu ainda mais a vontade de encontrar um que fosse perfeito para usarmos.

Foi aí que adquiri um canguru, que até hoje adoro utilizá-lo quando preciso levar bolsas muito pesadas, mas por ele esquentar muito, pois é feito com tecido quente e grosso, tive que buscar outra alternativa. Então, entre minhas pesquisas, achei os Slings, que aqui em João Pessoa a Mariana Carneiro do Slings Mão do ano faz para vender, e ela me deu a oportunidade de ter o primeiro contato com o sling

O Sling é um carregador de bebês, normalmente feito de pano (o tecido pode variar).

Ele é perfeito para:

– Deixar o bebê em segurança: Quando o bebê está no sling, conseguimos ficar mais despreocupadas com tropeções, com batentes, e até para andar de ônibus é mais seguro.

– Acolhimento: Com o sling o bebê tem um acolhimento como no útero, pois ali ele fica em contato direto com a mamãe e quentinho.

– Calmante: Ótimo para calmar o bebê quando está agitado e com cólicas, pois estará em sintonia com os movimentos corporais da mãe e aquecido com o calor da mamãe.

– Fortalecimento de vínculo: Enquanto seu bebê está no sling, você pode fazer outras atividades em contato com ele, pode cantar, dançar e ele estará sempre em contato com o colo de quem ele tanto ama, fazendo que assim o vínculo entre ambos seja cada vez mais forte!

– Liberdade de movimentos: Com o sling, a mamãe terá mais liberdade de carregar sacolas, cozinhar, fazer caminhadas e ate dançar na companhia do seu bebê.

Os slings podem variar de modelo, podendo ser: Wrap Sling, Mei Tai, Pouch Sling e o de Argola, que é o que estou usando com a Júllia.
A Mariana Carneiro nos presenteou com um Sling de Argola, feito com um tecido leve e resistente, todo furadinho, que dá até para ir ao mar com ele, perfeito para a região onde moro.

Eu e a Júllia adoramos, primeiro porque dá para amamentar, dependendo da roupa que eu estiver,ela não fica tão suada como no canguru e é ótimo para podermos caminhar.

sling de argola
Tecido leve e ótimo para o clima quente do nordeste, e perfeito para passeios em parques aquáticos e praia.

sling de argola
O sling de argola é fácil de ser colocado e colocar o bebê, basta um pouco de paciência e prática. Sempre segurando-o firme e passando-o para dentro do tecido, logo após observar que o sling tem que ficar sem encaixado com a dobra do joelho para o bebê ficar na posição correta e sempre apoiando bem as costas do bebê com o tecido até perto dos ombros.

sling de argola
Após ajustado e o bebê na posição correta, o sling pode ser ajustado quando puxado as extremidades para deixá-lo mais firme.

sling de argola
Depois é fazer um bom passeio e ser feliz!

sling de argola
Deve-se observar também que a parte onde ficam as argolas, deve sempre estar o mais próximo do ombro da mamãe e o tecido ficar bem ajustado por toda a extensão do ombro para que tenha um melhor apoio.


No Sling de argola, a posição que usamos normalmente é ela sentadinha de lado, porém as mamães podem usar com o bebê com os pés para dentro acolhido no busto, na posição fetal.

Você encontra esse e outros slings na Mãe do ano, a Mariana Carneiro é super atenciosa em atender as mamães e suas necessidades, com certeza ela saberá qual modelo irá ajudar vocês! 🙂

E sabe o que é melhor? Ela envia para todo o Brasil!!

Curta a fanpage clicando aqui e acesso o site Mãe do ano, clicando aqui!
Sem mais artigos
%d blogueiros gostam disto: